Geral

FPM caiu 13,16%. Matadouros municipais voltam a funcionar e a política nos municípios

A primeira parcela do Fundo de Participação dos Municípios (FPM) de 2020, e também do mês de janeiro, foi menor 13,16%, que a mesma do ano passado. O dinheiro foi depositado hoje a zero hora nas contas das Prefeituras. Segundo dados da Secretaria do Tesouro Nacional (STN), o repasse líquido de R$ 2,8 bilhões e redução de 10,74%, em comparação com o montante transferido em 2019. Ao aplicar a inflação, o impacto negativo chega a 13,16%. A primeira parcela do FPM de janeiro é parte da arrecadação dos Impostos de Renda e Sobre Produtos Industrializados (IR e IPI), obtida entre os dias 20 e 30 de dezembro. A redução de 10,74% foi constatada a partir dos montantes brutos, em comparação com os R$ 3,9 bilhões repassados em janeiro de 2019. Os prefeitos mesmo recebendo recursos da Cessão Onerosa, no final ano passado, continuam reclamando, alegando que não têm dinheiro. Os prefeitos lutam agora para aprovação no Congresso Nacional da Emenda à Constituição (PEC) 391/2017, para conseguir mais recursos como de 1% de FPM extra em setembro. Os municípios foram contemplados em 2019, com um FPM superavitário com 8,64%, em relação a 2018 e ainda receberam mais 1% extra no dia 9 de dezembro, além da Cessão Onerosa e assim mesmo continuam reclamando da falta de dinheiro. Tem gente desconfiando que eles querem as chaves do Banco Central.

Maragogi

Os moradores do distrito de Barra Grande em Maragogi denunciaram que existem dois galpões acumulando material reciclável, que estariam contribuindo para proliferação de moscas naquela localidade. Os moradores estão desesperados com o problema que já constitui um problema de saúde pública.

Maragogi/Equatorial

Os moradores de Maragogi estão chamando a atenção da Equatorial Distribuidora para poda de árvores e principalmente coqueiros. Segundo os moradores, desde que a empresa assumiu a distribuição de energia na região não é realizada a poda de árvores. Vale lembrar que a queda de energia, na região, tem como causa acidente com galhos de árvores sobre a rede.

Matadouro

O decreto do Governo do Estado, que liberou o funcionamento dos matadouros municipais, vai resolver o problema do abate clandestino de animais, como também do problema que o frigorífico Frigovale virou no Agreste e Sertão de Alagoas. Este empreendimento, que se instalou em Arapiraca, criou inúmeros problemas em toda região, como por exemplo os danos ambientais e desemprego.

Porto Calvo

O caos no trânsito, nos dias de feira livre em Porto Calvo, é um caso de polícia. A situação só piora a cada gestão. Sai prefeito entra prefeito e o problema se repete. O tão falado anel viário, idealizado e iniciado pelo ex-prefeito Ormindo Uchoa, continua no papel. O atual prefeito David Pedrosa não aguenta mais ouvir falar dessa obra, já que prometeu concluí-la e não fez. “Eu vou terminá-la”, gritou Kaika sendo aplaudido na feira, sábado passado.

Penedo

Em Penedo a Festa de Bom Jesus dos Navegantes vem atraindo cerca de 150 mil pessoa por dia. Um cenário perfeito para os candidatos a vereador e prefeito, se mostrarem para multidão que lá está. Contudo no palanque de Penedo estão postos os nomes de Ronaldo Lopes, Tico Guerra e Alexandre Toledo.

Arapiraca

O deputado Ricardo Nezinho sumiu de Arapiraca. Virtual pré-candidato a prefeito este ano, tendo como cabo eleitoral o vice-governador Luciano Barbosa, Nezinho se afastou de todos e agora está repensando o projeto eleitoral. O parlamentar não quer arriscar sua imagem comprometendo-a numa possível derrota esse ano.

Roteiro

Finalmente Roteiro poderá ter um prefeito que valoriza o turismo como atividade para gera emprego e renda. Trata-se de Thiago Cursinho, que é natural do município e não um forasteiro, nem vendedor de ilusões. Thiago tem o apoio de importantes lideranças políticas da região. O município vive momentos de esquecimento, embora seja um destino turístico mais lindos de Alagoas, mas sem visibilidade no cenário nacional.

Craíbas

A disputa pela prefeitura de Craíbas será titânica entre lideranças política que envolve caciques exponenciais de Alagoas. O município promete ser o El Dourado de Alagoas com o funcionamento da Mineradora Vale Verde. O prefeito Ediel Leite, que acreditou no projeto desde o início, vai enfrentar muito gente forte.

Matriz do Camaragibe

O ex-prefeito Cícero Cavalcante é agora repórter em Matriz do Camaragibe e passou a denunciar nas redes sociais os desmandos da gestão atual. Cavalcante nas duas últimas semanas, já denunciou a falta de escolas no município e o acúmulo de lixo na frente do estádio municipal e disputa nem começou e chamou uma lideranças política do município de “Chupetinha”. Quem será ele?

Artigos relacionados
Geral

Operadores e Agentes de Viagens da Espanha e Portugal discutem os desafios do turismo na retomada

A III Reunião da aliança ibérica criada pelas associações de agências de viagens de Espanha e Portugal, CEAV e APAVT,…
CotidianoGeral

Câmara aprova requerimento de Thiago ML que pede reabertura da feira de gado em Arapiraca

Durante a primeira sessão da Câmara Municipal de Arapiraca, após o recesso parlamentar, o presidente Thiago ML apresentou requerimento solicitando…
Geral

Selo Turismo Responsável ajuda a posicionar destinos brasileiros como seguros

adoção de medidas de biossegurança nos empreendimentos e destinos turísticos se tornaram imprescindíveis diante da pandemia de Covid-19. Disponibilização de…

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *




Enter Captcha Here :