BLOG DO MOZART LUNA

PILAR É O PRIMEIRO MUNICÍPIO DO BRASIL A IMPLANTAR O MARÇO AZUL, PARA PREVENIR O CÂNCER DO CÓLON E RETO; O TERCEIRO QUE MAIS MATA NO BRASIL SILENCIOSAMENTE. SERÁ REALIZADO EXAMES GRATUÍTO DE TODA POPULAÇÃO DE 50 A 70 ANOS.

Março Azul 

O prefeito do Pilar, Renato Resende Filho, é o primeiro a implantar no Brasil o Programa de Prevenção de Câncer do cólon e reto. Esta ação viabilizará a realização de exames de colonoscopia e endoscopia em toda população pilarense, entre 50 e 70 anos. Também será realizado no Pilar o Primeiro Encontro Nacional de Câncer Coloretal no dia 25 de março. O médico Herbet Toledo, vice-presidente atualmente eleito presidente da Sociedade de Coloproctologia está à frente da realização do evento. O Câncer do reto hoje é o que mais mata hoje no Brasil, uma doença silenciosa que se desenvolve silenciosamente e ainda conta com o preconceito de muitos em realizar o exame que pode salvar milhões de vida e mutilar outras tantas. O médico Herbet Toledo, comemora a aprovação, pelo Senado Federal, do Projeto de Lei 5024/2018, que institui o mês de março como o Mês de Conscientização sobre o Câncer de Cólon e Reto de autoria do deputado Gilberto Nascimento (PSC-SP) e relatado pela senadora Zenaide Maia (Pros-RN), a proposta estabelece que durante o mês de março sejam realizadas campanhas educativas e informativas de forma a educar a população e prevenir o surgimento da doença. Como foi modificado no Senado, a matéria volta para nova análise da Câmara dos Deputados.

Números

O Instituto Nacional de Câncer (Inca) estimou que, em 2020, houve 17.760 novos casos de câncer colorretal em homens (7,9% do total de novos casos de câncer) e de 16.590 novos casos em mulheres (7,4% do total). Para os homens, o câncer colorretal é o terceiro tipo mais comum de câncer.

Ranking/câncer

O primeiro é o de próstata, respondendo por 29,2% do total, e o segundo é o câncer de traqueia, brônquio e pulmão, totalizando 9,1 % de todos os casos de câncer em homens. No caso das mulheres, é o segundo tipo mais comum, só perdendo para o câncer de mama, que é responsável por 29,7% do total de novos casos de câncer feminino.

Causa/morte

Em relação à mortalidade, o câncer colorretal é a terceira causa de morte por câncer para homens e mulheres, sendo responsável por 8% e 9,3%, respectivamente, dos óbitos por neoplasias de forma geral.

Texto

O texto já havia sido aprovado em agosto do ano passado na Comissão de Assuntos Sociais (CAS). Zenaide também foi a relatora na comissão. Ela retirou da proposta um artigo que previa que caberia ao gestor federal do Sistema Único de Saúde (SUS) promover eventos e atividades para divulgação, de forma integrada com estados e municípios, do câncer de cólon e reto e das formas de prevenção dessa enfermidade.

Conscientização

Para a senadora, a matéria é louvável. Ela disse que é preciso considerar a relevância da medida diante da importância epidemiológica dessas doenças no país e do fato de que a medida mais efetiva de combate depende da conscientização da sociedade. Segundo Zenaide, o projeto é importante para dar visibilidade às medidas de prevenção e ao diagnóstico precoce.

Cura

O câncer colorretal tem grande incidência de cura, quando diagnosticado precocemente. O projeto pode empoderar a população e chamar a atenção para a realidade da doença — afirmou relatora, que é médica.

Diagnóstico precoce

O senador Nelsinho Trad (PSD-MS), que também é médico, elogiou a iniciativa do autor e o trabalho da relatora. Ele ressaltou a importância de uma alimentação saudável e da prática de atividades físicas como forma de diminuir o risco da doença. Nelsinho também incentivou os exames regulares, como forma de buscar um diagnóstico precoce.

Exame em hospitais

Izalci Lucas (PSDB-DF) também elogiou o projeto e as campanhas em favor da saúde. O senador lamentou, no entanto, o que chamou de “propaganda enganosa”, pois muitas vezes o paciente não encontra o acolhimento necessário nos hospitais públicos. Na mesma linha, Jayme Campos (DEM-MT) disse que o projeto é “meritório”, mas cobrou mais qualidade no atendimento da saúde pública. “Os investimentos precisam ser feitos com prioridade. Só campanha não resolve. Precisamos ter atendimento de qualidade”, cobrou Jayme Campos.

Sintomas e prevenção

De acordo com o Inca, as estratégias para a detecção precoce do câncer são o diagnóstico precoce (abordagem de pessoas com sinais e/ou sintomas iniciais da doença) e o rastreamento (aplicação de exame numa população assintomática, aparentemente saudável, com o objetivo de identificar lesões sugestivas de câncer, e encaminhamento dos pacientes com resultados alterados para investigação diagnóstica e tratamento).

Artigos relacionados
BLOG DO MOZART LUNA

Bolsonaristas divididos em Arapiraca com candidatura de Fabiana Pessoa, que tira tranquilidade da candidatura de Luciano Barbosa. IGPS realiza ação de saúde em Branquinha. Uneal é beneficiada com ação do Governo do Estado.

Bolsonarista de Arapiraca A ex-prefeita de Arapiraca Fabiana Pessoa (PL), se prepara para ser a maior adversária de Luciano Barbosa…
BLOG DO MOZART LUNA

Falta de cuidado com a cidade prejudica turismo em Piaçabuçu, mas disputa eleitoral pode mudar cenário no município. Pedra Fest em Delmiro já tem programação definida. Castra móvel em Penedo. Jovens ganham espaço para prática de esporte em Japaratinga

Melhorar turismo em Piaçabuçu Piaçabuçu possui um potencial turístico lindíssimo que não tem divulgação por parte do poder público municipal,…
BLOG DO MOZART LUNA

T R E cancelas títulos em Barra de Santo Antônio. Polícia Federal deve investigar quem estaria por trás da operação criminosa. Julgamento de Marcos Madeira é suspenso. FPM com aumento de 15,23% ano já é 11% positivo que 2023.

Títulos cancelados O cartório da 17ª Zona Eleitoral, responsável pelo município de Barra de Santo Antônio, cancelou 1.785 títulos eleitorais…

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *




Enter Captcha Here :