LEVANTANDO ÂNCORAS

MSC encomenda dois novos navios

A MSC Cruzeiros confirmou a encomenda de dois novos navios movidos a Gás Natural Liquefeito (GNL) junto ao estaleiro francês Chantiers de l’Atlantique. Com isso, as encomendas dos dois novos navios da classe World agora são consideradas como pedidos firmados, com a possibilidade para um quinto navio da classe. Os dois novos navios encomendados – atualmente denominados como Classe World 3 e 4 – serão entregues em 2026 e 2027.

O MSC World Europa e o MSC World America já estão entre os navios com a maior eficiência energética da indústria, com desempenho significativamente melhor do que o requisitado pelo Índice de Design de Eficiência Energética (EEDI) da Organização Marítima Internacional (IMO), e os novos navios serão uma evolução do modelo de última geração da classe World, com soluções inovadoras para maximizar a eficiência energética, incluindo a ampliação do sistema de recuperação de calor e outras soluções tecnológicas, o que fará com que os navios tenham uma emissão de carbono ainda mais reduzida. Além disso, os novos navios estarão prontos para utilizarem uma variedade de combustíveis alternativos, incluindo biocombustível, combustível sintético e metanol verde. Os navios também serão equipados com a última geração de motores dual fuel de combustão interna com menor emissão de metano.

Pierfrancesco Vago, Presidente Executivo da MSC Cruzeiros, afirmou: “Estamos orgulhosos em continuar a nossa parceria de 20 anos com o estaleiro Chantiers de l’Atlantique, com quem já construímos 18 navios e estamos com o 19º em construção. A classe World é um protótipo verdadeiramente inovador e, juntos, estamos construindo alguns dos navios mais avançados do mundo. Estamos empenhados em pesquisar e investir em futuras tecnologias ambientais à medida que estas se tornem disponíveis, para garantir que continuemos progredindo em nossa jornada de descarbonização para alcançar zero emissões líquidas de gases de efeito estufa até 2050.”

Laurent Castaing, Diretor Geral do Chantiers de l’Atlantique acrescentou: “Em um momento difícil para a indústria de construção naval europeia, a MSC Cruzeiros demonstrou a sua confiança na nossa capacidade e competência com estas encomendas. Gostaríamos, portanto, de expressar a nossa gratidão à MSC Cruzeiros pela confiança renovada neste momento crucial. Além disso, a MSC Cruzeiros, procurando sempre reduzir o impacto ambiental de seus navios de forma rápida e significativa, aceitou um custo adicional significativo para melhorar a eficiência energética destes novos navios que, de acordo com o índice EEDI da IMO, emitirá 50% menos CO2 do que o valor de referência de 2008 da IMO.”

Castaing continuou: “Gostaríamos também de agradecer ao nosso governo, cujo apoio à nossa política de pesquisa e desenvolvimento para tornar nossos navios mais ecológicos nos permitiu atender às expectativas do cliente para este pedido”.

Os novos navios da classe World contarão com conectividade de energia proveniente de terra para reduzir as emissões de carbono nos portos, os mais avançados sistemas de tratamento de águas residuais projetados em conformidade com a IMO, novos avanços na gestão de resíduos, e uma gama abrangente de equipamentos de eficiência energética a bordo para otimizar o uso do motor e as necessidades energéticas para reduzir ainda mais as emissões.

Os dois novos pedidos estarão sujeitos a acesso a financiamento, conforme prática do setor.

Artigos relacionados
LEVANTANDO ÂNCORAS

Brasil leva “Oscar do Turismo” como melhor destino para cruzeiros da América do Sul pela terceira vez

Pela terceira vez seguida, o Brasil foi eleito o melhor destino para cruzeiros da América do Sul pelo prêmio Wordl…
LEVANTANDO ÂNCORAS

MSC Cruzeiros cria excursões em terra exclusivas para hóspedes do Yacht Club

A MSC Cruzeiros está adotando uma nova abordagem para atrair seus hóspedes mais bem pagos, oferecendo a eles opções de…
LEVANTANDO ÂNCORASMEIO AMBIENTE

MSC publica seu relatório de sustentabilidade de 2023

A MSC Cruzeiros publicou, hoje, o seu Relatório de Sustentabilidade de 2023, com uma análise de desempenho do período de…

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *




Enter Captcha Here :