NEGÓCIOS

Chegada de turistas internacionais no Brasil cresce 7,4% em 2024

O Brasil fechou o primeiro quadrimestre de 2024 com alta de 7,4% no número de turistas internacionais em relação ao ano passado: foram 2,92 milhões de turistas. Em 2023, foram 2,71 milhões. Esse foi o terceiro melhor quadrimestre da história, atrás apenas de 2018 (3,10 milhões) e 2017 (2,99 milhões). Os dados foram divulgados pela Embratur, em parceria com o Ministério do Turismo (MTur) e a Polícia Federal (PF) e reforçam a tendência de crescimento. 

O ministro do Turismo, Celso Sabino, comemorou os resultados e comentou sobre o protagonismo do país. “O Brasil está sendo visto lá fora e tem atraído a atenção dos estrangeiros. Esses números refletem o trabalho desenvolvido pelo Ministério do Turismo e pela Embratur em mostrar ao mundo o que o nosso país tem a oferecer, com sua rica gastronomia, belezas naturais incomparáveis e seu povo acolhedor. Estamos preparados para receber cada vez mais turistas internacionais em solo brasileiro”, destacou.

“Tivemos um 2023 de recuperação a níveis de pré-pandemia de chegada de turistas e já batemos recorde de receita com o turismo. Em 2024, os números mostram uma curva de crescimento consolidada, devemos fechar esse ano com resultados muito positivos”, afirma o presidente da Embratur, Marcelo Freixo. “E essa entrada crescente de turistas significa mais investimento no Brasil, mais dinheiro girando na nossa economia, é o dinheiro pago na ponta, gerando emprego e renda em todo o país”, reforça Freixo.

A Argentina lidera o ranking de emissores ao Brasil em 2024, com mais de 1,07 milhão de viajantes. Em crise econômica, o país acumula no ano uma queda de 11,1%. Contudo, a tendência está sendo revertida mês a mês, e em abril a redução foi de apenas -4,3%. No acumulado do quadrimestre, os maiores crescimentos entre os principais emissores são do Chile (32,2%), França (25,5%), Itália (18,5%) e Alemanha (15,7%).

Quadrimestre com aumento de +7,9% em relação ao mesmo período de 2023

 2023 | 2.713.130 (+7,4% em 2024)*

2019 | 2.788.014 (+4,8% em 2024)

2018 | 3.100.028 (-5,8% em 2024)

*Foi o terceiro melhor quadrimestre da história, atrás apenas de 2018 (3,10 milhões) e 2017 (2,99 milhões).

 Ranking de emissores no primeiro quadrimestre 2024

 1) Argentina 1.070.545 (-11,1%)

2) Chile 258.523 (+32,2%)

3) Estados Unidos 251.419 (+9%)

4) Paraguai 217.392 (+9,8%)

5) Uruguai 199.316 (+13,8%)

6) França 84.468 (+25,5%)

7) Portugal 82.164 (+13,8%)

8) Alemanha 75.025 (+15,7%)

9) Reino Unido 65.994 (+15%)

10) Itália 55.165 (+18,5%)

Artigos relacionados
NEGÓCIOS

BNDES financia a exportação de 32 jatos E175 da Embraer para a American Airlines

O Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) concluiu o contrato de financiamento para exportação de 32 jatos comerciais…
NEGÓCIOS

Produção de chocolate associada ao turismo incrementa economia da Costa do Cacau

“Para nós, pequenos produtores, seria muito mais difícil trabalhar a marca, se não existisse essa vitrine do festival, que atrai…
NEGÓCIOS

MTur e ApexBrasil articulam parceria para impulsionar o setor de viagens no Brasil

A secretária-executiva do Ministério do Turismo, Ana Carla Lopes, esteve reunida com a diretora de negócios da Agência Brasileira de…

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *




Enter Captcha Here :