Geral

Aeroporto “travado”

A notícia veiculada no blog Meio Ambiente e Turismo da gazetaweb.com, dando conta de que o processo de reclassificação do aeroporto Zumbi dos Palmares está “travado” na Agência Nacional de Aviação Civil (Anac), por questões política do Governo Federal, que estaria retaliando Alagoas, foi pauta da bancada federal alagoana. A fonte da informação é de Brasília, que lamenta que há seis meses todo processo está pronto aguardando tão somente a homologação, para que o aeroporto conquiste a categoria Delta (D) e assim facilite a operação com voos regulares internacionais. O processo transformou-se numa longa novela que já dura seis anos, mas que no final do ano passado ganhou mais celeridade com a conclusão do estudo topográfico e a retirada dos obstáculos, que colocavam os voos em perigo. Todo trabalho foi concluído no dia 22 de dezembro de 2019 e o processo enviado para Anac, que teria “travado” a homologação há seis meses, prejudicando inclusive os investimentos que a concessionárias espanhola Aena. O travamento do processo frustrou projetos de instalação de voos regulares internacionais, além da melhora da capacidade de operação, gerando empregos e renda. Tentamos falar com a concessionária Aena, que informou que iria dar mais esclarecimento sobre o processo de reclassificação, mas depois disso o silêncio imperou na empresa espanhola; comportamento considerado estranho, já que teria a obrigação de prestar informações sobre um serviço público, que a empresa é permissionária. Dessa forma a empresa começa mal seu relacionamento com a imprensa alagoana, devido à falta de transparência.   

Aeroporto

O aeroporto Zumbi dos Palmares fica em Rio Largo, apesar de muitos chamarem de aeroporto de Maceió, denominação inclusive que consta do IATA. O aeroporto é um equipamento estratégico para o desenvolvimento de qualquer estado da Federação. O aeroporto de Maceió, não trás somente passageiros, mas também cargas importantes e leva produtos alagoanos.

Aeroporto 2

O presidente da Associação Brasileira da Indústria Hoteleira em Alagoas, André Santos, disse que vê com preocupação a informação de que o processo de reclassificação do aeroporto Zumbi dos Palmares esteja travado em Brasília. Segundo ele é preciso que todos se unam para tentar resolver o problema e assim ajudar no aquecimento da atividade turística no Estado.

Cânions/retomada

O trade turístico da região dos Cânions do São Francisco estão se preparando para reabrir seus estabelecimentos a partir do dia 23. Os empresários estão instalados entre a divisa de Alagoas e Sergipe. A expectativa é que o Governo de Sergipe já anunciou que vai flexibilizar a abertura das atividades comerciais, entre elas o turismo.

Cânions/retomada 2

A região dos Cânions do São Francisco é formada por municípios dos estados de Alagoas, Sergipe, Bahia e Pernambuco e cerca de 80% do público que frequenta aquele destino turístico é de Aracaju, capital sergipana. Os empresários que formam o trade dos Cânions, aguardam que o Governo de Alagoas também flexibilize as atividades na próxima semana.

Rodovia AL 220

O trecho da rodovia AL 220 entre Olho d’água do Casado e o município de Senador Rui Palmeira precisa da realização da operação tapa buracos. O secretário de infraestrutura urbanística do Estado, Mozart Amaral, disse que deseja começar o trabalho ainda esta semana, mas vai depender do tempo. Chove bastante na região, mesmo assim, os pontos mais críticos serão realizados, garante ele.  

Arapiraca/fiscalização

Como estava previsto, Arapiraca e toda região começa a ter um número crescente de casos de covid-19 e também o aumento de obtidos decorrente do vírus. A população agora terá que se proteger para evitar a contaminação em massa. O problema é que muitos ainda não se conscientizaram da gravidade do problema, O covid-19 não é apenas uma “gripezinha”, como diz o Presidente Bolsonaro. O coronavírus mata.

Arapiraca/luto

Desde o início da semana que Arapiraca vive momentos de muita tristeza, com o registro de muitas mortes decorrente do covid-19. Muitos entes queridos e pessoas públicas, que muito contribuíram para o desenvolvimento de Arapiraca e região faleceu vítimas da “gripezinha”. 

Arapiraca/Hospital

Mais do que nunca é necessário a construção urgente do hospital de campanha em Arapiraca, para atender a população de 46 município do Agreste. Cerca de um milhão de pessoas precisam de orientação para se manterem em suas casas. A situação é grave, já que se um terço adoecer e precisar de internamento poderá morrer, pois não há leitos para todos.

Arapiraca/lockdown

Se a situação se agravar e a população não colaborar será preciso a decretação de lockdown em Arapiraca a algumas cidades próximas como Craíbas, onde o número de casos também está acima da média. O prefeito Rogério Teófilo, já vinha alertando para gravidade da situação desde abril.

Penedo/luto

Penedo está de luto com a morte do bispo diocesano Dom Valério Breda. O religioso lutava pela vida desde abril, no hospital Arthur Ramos, em Maceió. O Bispo tinha sob sua responsabilidade a arquidiocese de Penedo e toda região do Baixo São Francisco, e parte do Agreste, incluído Arapiraca, onde tinha muitos amigos.

Artigos relacionados
Geral

Cruzeiros voltam a operar no Brasil a partir do próximo sábado

Após nova avaliação do cenário epidemiológico de Covid-19 no país, temporada tem sinal verde e segue até 18 de abril…
Geral

Embratur participa do II Fórum Luso-Brasileiro de Turismo e Negócios

Nesta terça-feira (23/11), a Embratur (Agência Brasileira de Promoção Internacional do Turismo) participou do II Fórum Luso-Brasileiro de Turismo e…
Geral

Prefeitura de Piranhas e IFAL ofertam cursos de qualificação profissional para mulheres em situação de vulnerabilidade social

Cerca de 50 mulheres, assistidas pela Secretaria de Assistência Social e Direitos Humanos de Piranhas, estão participando dos cursos de…

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.




Enter Captcha Here :